"O segredo está na graça da vida! Ser meticulosamente leve e solto, capaz de divagar sem lógica sobre o universo e seus espaços vagos. Você seria capaz de acreditar na piedade, no perdão? E quem sabe um dia no silêncio noturno dos pensamentos, com os olhos pregados no céu e as palmas no chão, descobrir, por um mero acaso, a origem dos anéis de saturno. Sim, os teus olhos partiram, eram feitos de mel. Eu posso ver a tua iris dourando a imensidão que nos encara e sangra, escancara nossa ínfima existência, terrena, inócua, finita. E se multiplicássemos o amor? Será que nos tornaríamos mais humanos? Acredite, nossa previsibilidade e dependência do outro é absurda. Nossa necessidade de companhia, uma derrota irremediável. O segredo está na graça da vida! No humor, no aroma suave e doce da margarida. Não me fale de confiança e jamais ouse soletrar a palavra traição. Se pararmos por um segundo perceberemos que somos todos feitos da mesma matéria, que sonha, que chora, que morre e se recolhe ao fundo de nós. Não somos donos de nada, somos apenas infelizes aprendizes nessa arte difícil de amar."
Elisa Bartlett. (via depreendido)
"Você é a pessoa que todo alguém queria ter ao lado. Você é uma mistura de felicidade e encantação. Você é vento no rosto da beira da praia. Você é poesia bagunçada, mas que toca e emociona. Você é noite de luau. Você é esconderijo no claro. Você é arrepio. Corpo quente no frio. Água no deserto. Vem, chega mais perto. Você é tudo, e quando não for, calma, eu faço você ser."
John Green.   (via de-sconsolado)
342
640
"E se tudo isso for perda de tempo, é com você que eu quero perder o meu."
Nicholas Hoffman.   (via subalternos)
But don't look back in anger,
I heard you say
free
wondervibe ©